Gastronomia

A tecnologia atuando na redução do desperdício de alimentos nos hotéis


Você está lendo: A tecnologia atuando na redução do desperdício de alimentos nos hotéis

Geralmente as refeições de hotéis são lembradas pela fartura, mas por conta da pressão em relação a mudança climática e a redução do desperdício de alimentos, muitos estabelecimentos estão pensando em novas estratégias para melhor gerenciar sua produção.

 

Como já notificamos aqui, ser gentil com o meio ambiente se tornou um grande objetivo da indústria de viagens, alguns hotéis já intensificam seus esforços, principalmente na eliminação de canudos plásticos, na substituição de plásticos de uso único em amenities e na busca de soluções cada vez mais ecológicas

 

Agora, o assunto que está em pauta é a produção de alimentos das redes hoteleiras e já observamos algumas mudanças na área. É necessário pensar sobre a quantidade de comida que os estabelecimentos precisam para seus clientes e como podem realizar o descarte correto – tanto por questões altruístas quanto financeiras.

Em 2017, o World Wildlife Fund (WWF) fez uma parceria com a American Hotel and Lodging Association, para criar o HotelKitchen.org e ensinar à indústria maneiras de reduzir o desperdício de alimentos. Kimpton Hotel Monaco Portland, Hilton, Marriott, Hyatt Hotels, InterContinental Hotels Group e AccorHotels participaram do programa e realizaram projetos-piloto sobre como usar sabiamente os alimentos e descartar as sobras de maneira sustentável.

 

Após participar do projeto, os participantes entenderam que medir a quantidade de comida desperdiçada é uma das melhores e mais difíceis maneiras de descobrir como podem reduzir seu consumo. Além disso, também é essencial mudar a maneira como os chefs compram produtos e cozinham – e a maneira como as pessoas comem,  os procedimentos operacionais do dia a dia também precisam ser alterados para que os objetivos sejam cumpridos.

 

E é claro que a tecnologia já invadiu essa área. Hilton,  InterContinental Hotels Group e Marriot são alguns dos grandes players que já estão testando inovações para quantificar seu desperdício de alimentos. O Winnow e o Leanpath são soluções que ajudam os chefs a medir e monitorar os ingredientes que estão sendo usados, pois fornecem uma escala interna e recursos de câmera para rastrear a quantidade de comida que está sendo utilizada, além de possuir medidores baseados em inteligência artificial, os mesmos são capazes de criar um banco de dados para auxiliar nas decisões de compra de e planejamento de menus.